Conheça os cuidados no uso de aparelho auricular

Conheça os cuidados no uso de aparelho auricular

Conheça os cuidados no uso de aparelho auricular

O aparelho auricular é uma estratégia terapêutica indicada pelo profissional otorrinolaringologista com função de melhorar a capacidade auditiva e facilitar a interação dos indivíduos com o ambiente social e profissional.

Porém, o uso inadequado ou sem os devidos cuidados pode diminuir a sua funcionalidade, o que, algumas vezes, requer a aquisição de um novo aparelho auditivo, gerando mais custos ou solicitando novo financiamento.

Por isso é essencial cuidar corretamente desses dispositivos para evitar perdas de função e retorno da limitação auditiva do indivíduo com diversos tipos de surdez, piorando a qualidade de vida.

Quer conhecer os principais cuidados para manter a integridade de seu aparelho auricular? Então, veja nossas dicas!

Entenda que o aparelho auricular é muito precioso

A tecnologia associada a um profundo conhecimento sobre os tipos de surdez e suas causas propiciou a elaboração de aparelhos simples, discretos, eficientes e muito bem adaptados ao contorno da orelha.

Sendo assim, muitos indivíduos que antes sentiam vergonha por usá-lo, hoje se sentem mais seguros e dispostos para colocarem o aparelho em todas as situações do cotidiano social e profissional.

Porém, para que esse processo seja eficiente e devolva a capacidade de escuta, é fundamental entender o aparelho auricular como um bem precioso, principalmente devido às mudanças positivas que ocorreram após a sua utilização.

Dessa forma, é fundamental ter cuidado para que o aparelho auricular não entre em contato com artefatos pontiagudos, com substâncias corrosivas ou que estejam ao alcance das crianças que o entendem como um brinquedo.

Mantenha uma rotina de cuidados diários

Após a utilização do aparelho auricular, no momento de dormir, é interessante manter uma rotina diária de cuidados, incluindo o local correto de armazenamento e a execução matinal para inseri-lo novamente.

Portanto, o indivíduo deve guardar esses dispositivos em caixas apropriadas para essa finalidade, de preferência no armário do banheiro, local com acesso frequente tanto no período noturno quanto ao acordar.

Isso porque, quando se propõe a inclusão de uma nova atividade diária, é imprescindível que ela seja executada automaticamente e não cause transtornos. Caso contrário, será recomendável rever esse processo.

Evite situações que possam danificar o aparelho

Além dos cuidados diários para manter o aparelho em perfeitas condições de uso, é aconselhável evitar situações que possam danificá-lo. Acompanhe, a seguir, como contornar essas condições.

Evite o contato com a água

O aparelho auricular é uma tecnologia muito sensível e, por isso, o contato com a água pode causar corrosão e estragá-lo, além de impedir a passagem adequada do som pelas suas estruturas, danificando-o permanentemente.

Por isso, é aconselhável retirá-los sempre que o indivíduo for entrar em piscinas, saunas ou mesmo quando estiver no banho. Sabe-se que existem aparelhos com recursos avançados que podem reduzir o dano quando em contato acidental com ambientes úmidos, mas a prevenção ainda é mais eficiente.

Dessa forma, fica sempre o alerta para o indivíduo se lembrar de retirar o aparelho quando estiver em contato com umidade, em locais que há respingos de água constantemente ou que exista a possibilidade de os pingos serem absorvidos no canal auditivo.

Mantenha o ouvido seco

Além de manter os aparelhos auriculares longe do contato com a água, é importante manter o ouvido seco. Nesse caso, até o uso do desumidificador é fortemente recomendado para todos que são propensos a reter mais umidade.

Outra justificativa para manter os ouvidos sem umidade é a fim de evitar qualquer tipo de contaminação que pode comprometer a capacidade auditiva e causar um avanço da infecção para outras partes do corpo.

Essa recomendação é importante, pois a água é um veículo que favorece a contaminação microbiana e pode carregar essa infecção para diversas partes do organismo, tornando o tratamento mais desafiador.

Faça manutenção antes de viajar

Quando o indivíduo decide viajar, ele programa o roteiro de passeios, o tipo e a quantidade de roupas e a documentação necessária para visitar localidades diferentes. No entanto, muitos se esquecem de verificar as condições de uso dos aparelhos auriculares.

Um ponto fundamental nesse processo é verificar as condições climáticas nas localidades para analisar quais medidas protetivas serão adotadas a fim de evitar danos nos aparelhos.

Também é fundamental observar a voltagem da localidade para recarregar os dispositivos auriculares, principalmente aqueles que dependem de bateria para sua plena funcionalidade.

Observe a composição dos cosméticos

Os cosméticos e protetores solares fazem parte do cotidiano de quem gosta de cuidar da aparência física e manter a vitalidade. Todavia, esses produtos devem ser utilizados no ambiente externo.

Acontece que algumas pessoas têm a falsa ideia de que é preciso espalhar cremes hidratantes e protetores solares nas regiões mais internas do ouvido, o que não é verdade. Esse processo, além de possibilitar o acúmulo de resíduos, pode danificar o aparelho auricular acoplado.

Por isso, não é recomendável que o paciente utilize produtos em creme próximos da região da orelha. Até porque eles não foram fabricados e idealizados para essa finalidade.

Fique seguro durante as viagens de avião

As viagens de avião costumam incomodar as pessoas que usam aparelho auricular devido à pressão interna sentida dentro desses lugares. Para diminuir esse desconforto, alguns especialistas sugerem o bocejo como alternativa.

Além disso, é uma técnica que não causa prejuízo ao indivíduo, diferentemente daquelas em que se pressiona o aparelho no canal auricular durante o voo, forçando para dentro e causando pequenos ferimentos.

Utilize o aparelho auricular conforme as orientações

Quando se adquire um aparelho auricular, todas as especificações técnicas são descritas, bem como a funcionalidade de componente desse dispositivo. Contudo, muitas pessoas não estudam adequadamente as orientações do fabricante e solicitam revisão do fabricante.

Assim, elas podem utilizá-lo de forma incorreta e não atentam para os cuidados básicos de manutenção, proteção das áreas mais sensíveis e comunicação com o fabricante em casos de desvio de qualidade.

O aparelho auricular é um dispositivo que recupera as funções auditivas ora perdidas pelos indivíduos que o utilizam. No entanto, existem considerações importantes a respeito da manutenção do aparelho, critérios para evitar danificações que comprometem a funcionalidade desses dispositivos, entre outras possibilidades.

Por isso, se você ainda tem dúvidas em relação à correta utilização dos aparelhos auriculares, entre em contato conosco que resolveremos seu problema!

Compartilhar este Artigo