Por que ocorre microfonia no aparelho auditivo? Entenda!

Por que ocorre microfonia no aparelho auditivo? Entenda!

Uma das principais reclamações dos pacientes com deficiência auditiva está relacionada a uma espécie de apito que eles ouvem, estamos falando da microfonia no aparelho auditivo. Apesar de muito comum, esse problema precisa ser eliminado o quanto antes para garantir o bem-estar e qualidade de vida do usuário. Com o avanço da tecnologia nesses aparelhos, essa reclamação teve uma boa reduzida, no entanto, elas ainda existem.

No caso da A&R Aparelhos Auditivos, seus usuários de 2007 até 2010 se queixam que o aparelho apita ao abraçar as pessoas ou ao mexer no cabelo, por exemplo, e isso causa um incômodo. Como eles não podem reduzir o ganho do aparelho por conta da perda auditiva, os profissionais sugerem a troca por um dispositivo mais tecnológico, que tenha mais recursos para suavizar esse desconforto.

Neste artigo, vamos explicar a você por que a microfonia ocorre, como identificar esse problema e, ainda, mostramos os benefícios de contar com um aparelho auditivo de qualidade. Acompanhe!

Por que ocorre a microfonia?

A microfonia ocorre quando o som volta pelo próprio conduto e pelo próprio aparelho auditivo, causando o incômodo. O som amplificado que sai do aparelho não dá conta porque está sendo muito amplificado no conduto e, então, retorna.

Isso acontecia antigamente, quando ainda não tínhamos uma evolução do aparelho auditivo. Quando falamos antigamente, nos referimos aos dispositivos anteriores a 2010. A partir daquele ano para cá, isso não tem acontecido mais porque os algoritmos, que são os recursos do aparelho auditivo, estão cada vez mais avançados para evitar essa retroalimentação.

Existem alguns casos em que não há a influência do aparelho auditivo, tais como:

  • cera no ouvido que causa obstrução;
  • tubinho danificado, que é uma peça do molde do aparelho;
  • bip de bateria fraca, muitas vezes identificado pelo paciente como microfonias.

 

Como identificar se o aparelho está com microfonia?

Existem diversas formas de identificar se o aparelho auditivo está com microfonia. Quando o paciente chega para a análise com o fonoaudiólogo, na clínica mesmo é possível identificar a origem do problema.

Caso seja algo do aparelho, os profissionais identificam a microfonia assim que o usuário chega, pois eles realizam uma análise, checando o dispositivo, as condições e o ouvido.

Existe também a possibilidade de ser algo que não está relacionado ao aparelho, como algum corpo estranho no ouvido. Nesse momento, o fonoaudiólogo consegue identificar o problema por meio da meatoscopia (análise do conduto auditivo) e fazem o encaminhamento para o otorrino.

Quais problemas a microfonia no aparelho auditivo pode causar?

Para a audição a microfonia não causa problemas, até mesmo porque o paciente não consegue utilizar o aparelho auditivo e, assim, o retira do ouvido. É válido ressaltar também que nesse período em que o usuário fica sem usar o recurso, geralmente por horas ou no máximo um dia, a sua audição é prejudicada.

Existem algumas ações que podem ser feitas nos aparelhos mais antigos para evitar a microfonia, nesse momento, a limpeza e demais cuidados é fundamental. Deve-se olhar o tubinho e as partes do aparelho em geral, como:

  • tubo life;
  • sonda;
  • tubinho;
  • molde.

Após esses cuidados com o aparelho, o paciente deve se dirigir à clínica para fazer o atendimento, a fim de verificarmos a condição de seu ouvido, pois a presença de cera ou secreção pode causar microfonia.

Por fim, fazer acompanhamento regular com fonoaudiólogo para que o profissional verifique a questão da regulagem, já que às vezes é preciso aumentar o ganho do aparelho porque aquele ouvido já acostumou com o estímulo.

Então, para evitar esses contratempos, os profissionais da A&R Aparelhos Auditivos estão sempre acompanhando e vendo o que é possível ser feito para melhorar o conforto do paciente. E quando se chega naquele limite em que é preciso aumentar o ganho, mas o dispositivo não comporta mais essa necessidade, o fonoaudiólogo indica a adaptação de um outro modelo.

Isso aconteceria como um último recurso, embora nunca tenha acontecido a necessidade de se trocar um aparelho por apresentar muita microfonia.

Qual é a importância de um aparelho auditivo de qualidade?

Ao chegar até aqui, você percebeu que os aparelhos auditivos mais recentes dificilmente apresentam problemas com microfonia, certo? Pois bem, agora vamos mostrar o que o usuário tem a ganhar investir em um modelo de qualidade. Confira!

Melhor qualidade de vida

É claro que não podemos ignorar a eficiência dos aparelhos auditivos antigos, mas fato é que as novas tecnologias apresentam funcionalidades mais eficientes que facilitam o dia a dia do usuário. Isso faz com que eles se sintam mais dispostos a realizar suas atividades rotineiras e, inclusive, conseguem enxergar melhores resultados no processo de adaptação, o que os motiva a persistir no tratamento.

Maior independência

Além das novas funcionalidades, também não podemos deixar de mencionar os acessórios que facilitam a vida dos usuários. Eles permitem que a pessoa que sofre com a deficiência auditiva possa falar ao celular e, ainda, assistir TV.

Sendo assim, essa é mais uma oportunidade para que o usuário recupere aos poucos a sua independência, pois, nesse caso, ele não precisará da ajuda de terceiros para realizar tarefas básicos, como atender uma ligação.

Melhoria na capacidade cognitiva

A deficiência auditiva costuma contribuir para o aumento dos problemas cognitivos. Nesses casos, o uso de um aparelho auditivo de qualidade ajudará a reduzir as chances da instalação desse tipo de transtorno, como a doença de Alzheimer e demência.

Além disso, o aparelho auditivo também aumenta a expectativa de vida, promovendo uma grande melhora na concentração e no bem-estar físico.

Em suma, podemos afirmar que em casos de microfonia no aparelho auditivo é importante que o paciente entre em contato imediatamente com o seu fonoaudiólogo. Pode ser algo simples de ser resolvido, até mesmo por telefone. Muitas vezes, uma limpeza ou um ajuste já resolve o problema.

Dessa forma, é possível evitar todo esse incômodo, já que o paciente costuma ficar bem irritado com a microfonia, bem como os seus familiares.

No caso da A&R, o paciente só precisa entrar em contato rapidamente com os profissionais. Eles contam com uma equipe bem treinada que sabe orientar acerca dessa questão, muitas vezes, sem a necessidade de deslocamento até a clínica.

Também quer ter acesso a esse atendimento de qualidade? Então, entre em contato com a A&R Aparelhos Auditivos e saiba o que eles podem fazer por você!

Compartilhar este Artigo