Veja boas práticas que melhoram a rotina de pessoas com perda auditiva

Veja boas práticas que melhoram a rotina de pessoas com perda auditiva

Veja boas práticas que melhoram a rotina de pessoas com perda auditiva

De acordo com dados da OMS — Organização Mundial da Saúde — cerca de 14% dos brasileiros apresentam algum grau de perda auditiva. Esse problema pode ter várias causas e reduz a qualidade de vida caso não seja tratado. Afinal, muitas tarefas da rotina se tornam bastante complicadas, como participar de encontros com amigos e familiares, assistir à televisão ou falar ao telefone.

Isso sem citar as atividades ligadas ao trabalho ou estudo. Como consequência, os afetados acabam se isolando e deixando de praticar atividades que tanto gostam e trazem bem-estar. Felizmente, há maneiras de proporcionar mais conforto e melhorar o dia a dia das pessoas com perda auditiva. Neste post, você conhecerá as principais práticas que melhorarão sua vida. Acompanhe!

Aproveite os benefícios da tecnologia

Aproveite os benefícios da tecnologia

A tecnologia não para de evoluir, o que possibilita o desenvolvimento de aparelhos auditivos cada vez mais modernos. Como há vários fatores que desencadeiam a perda auditiva e em diversos níveis, é preciso que haja aparelhos específicos para cada caso. E isso só tem sido possível graças aos avanços tecnológicos da ciência.

Com isso, há modelos que conseguem diferenciar a voz do usuário e de outras pessoas, permitindo que o paciente entenda melhor a própria voz. Ainda, dispositivos que diminuem o eco, proporcionando uma experiência melhor para quem frequenta igrejas, concertos e palestras.

Outro ponto positivo é que atualmente existem inúmeros aplicativos por meio dos quais o paciente pode regular seu aparelho. Ou seja, com a ferramenta, é possível entrar em contato com o fonoaudiólogo e receber os ajustes remotamente.

Do mesmo modo, o mercado oferece baterias recarregáveis. Não é necessário que o paciente retire a bateria. Basta colocar o aparelho no carregador e aguardar. Isso facilitou muito a vida principalmente dos que apresentam algum tipo de dificuldade motora ou visual.

Faça uso de acessórios para aparelhos auditivos

Conforme mencionamos, a tecnologia aliada à medicina trouxe grandes avanços para tratamentos para perda auditiva. Não só os aparelhos ficaram mais modernos, como também foram desenvolvidos acessórios para potencializar o desempenho e aumentar a praticidade de seu uso.

Assim, o usuário consegue gerenciar melhor as funções do dispositivo e ter ainda mais conforto em sua rotina. Outra vantagem é que a vida útil do aparelho é prolongada. A seguir, conheça os principais acessórios disponíveis no mercado:

  • desumidificador: esse equipamento conta com uma sílica responsável por retirar a umidade acumulada do aparelho ao longo do dia;
  • carregadores de bateria: permite deixar seu aparelho carregando durante a noite e evita a troca frequente de baterias;
  • bateria Siemens: apresenta excelente desempenho devido à longa durabilidade e alta voltagem, mantendo-se estável e com bons níveis de amplificação sonora;
  • controle easyTek: trata-se de um colar capaz de realizar várias funções, como controle de volume, atendimento de chamadas telefônicas, administração de programação e conexão a outros equipamentos;
  • controle easyPocket: possibilita o acesso a todas as funções e opções do aparelho auditivo;
  • StreamLine TV: transmite o sinal de áudio da televisão para o aparelho auditivo. Dessa forma, o volume da TV fica compatível e adequado ao usuário;
  • StreamLine Mic: distribui o som para qualquer dispositivo via Bluetooth e funciona como um microfone remoto, sendo muito utilizado em salas de aula como uma importante ferramenta de aprendizado;
  • aplicativos: como o TouchControl App e o Signia MyHearing, além de poder gerenciar as funcionalidades do aparelho como volume e microfone, ainda permite uma comunicação direta com o fonoaudiólogo, seja por vídeo, seja por mensagem.

Faça acompanhamento médico

Faça acompanhamento médico

Cada quadro de perda auditiva é bastante particular. Isto é, o grau e causa do problema são alguns dos fatores que determinarão o tipo de atendimento a ser efetuado. De qualquer forma, é essencial contar com um centro auditivo de confiança para realizar um acompanhamento.

Ao auxiliarem na adaptação do indivíduo com perda auditiva, os profissionais melhoram a qualidade de vida e a rotina do usuário. Isso é feito por meio da seleção e adaptação do aparelho auditivo, determinando o melhor modelo para as necessidades do paciente. Também, ajuda a escolher os acessórios ideais para otimizar a experiência.

Os retornos periódicos são importantes para que os profissionais possam analisar a evolução do paciente, bem como para realizar ajustes e regulagens nos aparelhos e acessórios sempre que necessário.

Outro serviço fundamental é a audiometria anual para ter a certeza de que a utilização do aparelho está sendo satisfatória. Afinal, vale ressaltar que o processo de adaptação é gradual e depende tanto do profissional quanto do próprio paciente. Por esse motivo, o acompanhamento deve ser constante.

Cuide bem do seu aparelho auricular

Cuide bem do seu aparelho auricular

Tomar os devidos cuidados com o seu aparelho faz com que ele tenha uma vida útil prolongada, além de evitar mau funcionamento ou a necessidade de substituição. Para isso, algumas práticas simples conseguem manter a integridade do seu aparelho auricular. A primeira delas é cuidar do seu manuseio. Não permita que ele tenha contato com objetos pontiagudos, com substâncias corrosivas ou fique ao alcance de crianças.

A rotina de cuidados diários requer que ele seja guardado no local correto, seja em um equipamento desumidificador, seja em um carregador de baterias. Outro hábito importante é evitar o contato com água, pois isso pode causar corrosão e estragá-lo permanentemente.

Cosméticos, hidratantes e protetores solares fazem parte da rotina de diversas pessoas. Então, não utilize esses produtos nas regiões próximas às orelhas, pois podem favorecer o acúmulo de resíduos e danificar o aparelho.

Todos os modelos de aparelhos têm especificações descritas pelo fabricante. Leia-as com atenção e siga todas as recomendações, como manutenção, revisões periódicas, funcionalidades, manuseio, como proceder em caso de danos, entre outras considerações.

Enfim, a perda auditiva é um problema que atinge uma parcela significativa da população. No entanto, é possível tratá-lo e fazer com que o paciente tenha um dia a dia sem dificuldades, conseguindo interagir com as outras pessoas, sem deixar de fazer as atividades que tanto gosta e dão prazer.

Isso contribui muito para ter uma qualidade de vida melhor e uma rotina de independência e liberdade. Para isso, é imprescindível contar com profissionais capacitados para prestar todo o auxílio necessário.

Então, entre em contato conosco agora mesmo e saiba o que podemos fazer pela sua vida!

Compartilhar este Artigo